sexta-feira, 19 de janeiro de 2007

Escalas Cromáticas

As escalas cromáticas, compostas por uma sucessão de intervalos de meio tom (semitons), são auxentes de modo. Não será muito coerente denomina-las por escala cromática de Dó Maior ou escala cromática de Dó menor. Na verdade, a sua forma escrita demonstra o contrário, temos escalas cromáticas em todas as tonalidades e em ambos os modos maior e menor.
A sua construção varia do modo maior para o menor. A escala construida sobre as tonalidades de Dó maior ou Lá menor, auxentes de alterações fixas, onde os meios tons naturais se encontram do III para o IV e do VII para o VIII grau na escala maior e do II para o III e do V para o VI grau na escala menor (natural), na sua forma ascendente todas as notas serão alteradas com sustenidos e na forma descendente todas serão alteradas com bemois, mantendo os meios tons naturais sem serem alterados. No modo maior ascendentemente fica dó-do#-ré-ré#-mi-fá-fá#-sol-sol#-lá-lá#-si-dó, descendentemente dó-si-sib-lá-láb-sol-solb-fá-mi-mib-ré-réb-dó. No modo menor lá-lá#-si-dó-dó#-ré-ré#-mi-fá-fá#-sol-sol#-lá e descendentemente lá-láb-sol-solb-fá-mi-mib-ré-réb-dó-si-sib-lá.
Como será mais correcto denominar estas escalas de forma a não confundir quem as aprende pela primeira vez?
Escala cromática de DóM?
Escala cromática da tonalidade de DóM?
A terminologia parece-me pouco importante se compreendermos o seu conteúdo.

3 comentários:

Pedro Sousa disse...

Eu denominaria por escala coromatica apartir de ... DóM, Mi m, etc.

Rodrigo disse...

Se a escala é cromática, não tem modo e portanto o correto é denominar de escala cromática de dó, lá, mi, etc. Pode ser utilizada em qualquer modo (inclusive nos modos gregorianos e formas plagais - lídio, mixolídio, etc.).
A questão harmônica é que ganha importância, se segue uma linha tradicional (modal) ou parte para a música dodecafônica.

CACÁ disse...

Pode ser então Escala Cromática somente pois as representações MODO continua sendo DÓ e LA?
Abraço para todos.

CATARINA AUGUSTA